Concurso ANS 2017 – Agência Nacional de Saúde Suplementar

Mostre para seus Amigos o que está lendo:

concurso ans 2017, órgão fiscalizador de plano de saúde

As negociações seguem a favor da abertura do Concurso ANS 2017. A agência nacional de saúde suplementar – ANS – que é uma agência reguladora vinculada ao Ministério da Saúde, prevê abertura de concurso para preenchimento de 231 vagas de nível superior ainda para esse ano de 2017.

A demanda do Concurso ANS 2017

Aqui Apostila Preparatória Concurso ANS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar tem grande urgência na criação de vagas para suprir a necessidade de seu quadro de servidores. O Tribunal de Contas da União (TCU) apontou falhas na fiscalização devido a problemas nos programas e na falta de profissionais na área de tecnologia da informação, recomendando a avaliação do quadro de funcionários.

O Projeto de Lei 6.244/2013 caminha na Câmara Legislativa visando contratar servidores para administração pública. Das vagas previstas, 214 são destinadas para a ANS.

O pedido de abertura de vagas baseia-se na Nota Técnica nº 68/GEAPE/GGDIN/ANS, encaminhada ao Ministério da Saúde, e já está previsto na LOA – Lei Orçamentária Anual – que consta a solicitação para realização de novo concurso.

Para a realização do concurso, o primeiro passo é a aprovação das vagas na Câmara dos Deputados. Como já existem 17 vagas aprovadas pela Câmara, a ANS espera aprovação de mais 214 para abrir um concurso com 231 vagas.

O ministério da saúde já havia encaminhado ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – MPOG – pedido de concurso para ANS com 17 vagas. Saindo a aprovação das 214 na Câmara, um novo pedido deverá ser encaminhado, assim o MPOG terá a tarefa de aprovar um total de 231 vagas para a ANS realizar um concurso em 2017.

A divisão das vagas

Sendo aprovado o total de 231, a divisão das vagas tem a seguinte previsão:

  • Especialista em regulação, 140 vagas, salário inicial de R$ 12.432,00, incluso auxílio alimentação.
  • Analista, 91 vagas, salário inicial de R$ 11.529,29, incluso auxílio alimentação.

Para ambos os cargos, a exigência é de nível superior em qualquer área.

Histórico dos últimos concursos da ANS

Último concurso

O último concurso da ANS foi há dois anos, sendo ofertadas 102 vagas para ensino médio. Foram 36 para o cargo de Técnico em regulação de saúde suplementar, e 66 para Técnico administrativo. A banca examinadora foi a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt – FUNCAB.

De acordo com edital, as provas foram elaboradas da seguinte maneira:

Técnico em regulação de saúde suplementar

  • Conhecimentos Básicos, 30 questões divididas entre Língua portuguesa, Raciocínio lógico, Ética e conduta no serviço público, Noções de direito constitucional e Noções de arquivologia;
  • Conhecimentos Específicos, 30 questões divididas entre Noções de direito administrativo, Noções de administração, Agências reguladoras e Legislação relativa à ANS;
  • Prova Discursiva.

Técnico administrativo

  • Conhecimentos Básicos, 32 questões divididas entre Língua portuguesa, Raciocínio lógico, Ética e conduta no serviço público, Noções de direito Constitucional, Agências reguladoras e Legislação básica;
  • Conhecimentos Específicos, 28 questões divididas entre Noções de Direito administrativo, Noções de administração, Noções de arquivologia e Noções de orçamento público;
  • Prova Discursiva.

Penúltimo concurso

Há quatro anos, foi realizado concurso ofertando 81 vagas, a banca responsável foi o Cespe/Unb. Na ocasião, as vagas foram para Técnico administrativo, Técnico em regulação de saúde suplementar, Analista administrativo e Especialista em regulação de saúde suplementar.

De acordo com edital, as etapas do concurso seguiram da seguinte maneira:

Nível superior

Analista administrativo

  • Conhecimentos Básicos, 60 questões divididas entre Língua portuguesa, Língua inglesa, Raciocínio lógico, Direito constitucional e Legislação aplicada à regulação em saúde;
  • Conhecimentos Específicos, 60 questões divididas entre Administração geral, Direito administrativo, Contabilidade governamental;
  • Redação de texto dissertativo sobre Atualidades;
  • Avaliação de títulos.

Especialista em Regulação de Saúde Suplementar

  • Conhecimentos Básicos, 60 questões divididas entre Língua portuguesa, Língua inglesa, Raciocínio lógico, Direito constitucional e Noções de Direito administrativo;
  • Conhecimentos Específicos, 60 questões divididas entre Legislação aplicada à regulação em saúde, Regulação econômica e agências reguladoras, Defesa da concorrência, Direito do consumidor e Contabilidade geral;
  • Redação de texto dissertativo sobre Atualidades;
  • Avaliação de títulos;
  • Curso de formação.

Nível médio

Técnico Administrativo

  • Conhecimentos Básicos, 60 questões divididas entre Língua portuguesa, Raciocínio lógico, Noções de informática, Noções de direito constitucional e Noções de legislação aplicada à regulação em saúde suplementar;
  • Conhecimentos Específicos, 60 questões divididas entre Noções de administração, Noções de direito administrativo e Noções de contabilidade governamental.
  • Redação de texto dissertativo sobre Atualidades

Técnico em regulação de saúde suplementar

  • Conhecimentos Básicos, 60 questões divididas entre Língua portuguesa, Raciocínio lógico, Noções de informática e Noções de direito constitucional;
  • Conhecimentos Específicos, 60 questões divididas entre Legislação aplicada à regulação em saúde, Noções de administração e Noções De Direito Administrativo;
  • Redação de texto dissertativo sobre Atualidades.

Saiba como se preparar para o concurso ANS 2017

Nota-se que algumas alterações foram feitas em relação à prova objetiva, principalmente sobre quantidades de questões entre os certames. No entanto, muitas disciplinas permaneceram, assim, é possível ter como base as informações acima para começar a se preparar.

Mesmo que não haja uma previsão exata para lançamento do edital, o candidato interessado em seguir carreira na ANS, já deve ir se preparando. Dessa forma, quando o edital sair, é só se atualizar sobre as disciplinas que serão cobradas no certame.

Com certeza, quem começar a se preparar mais cedo tem muito mais chances de conseguir uma boa colocação. O segredo é montar um bom plano de estudos, não perca tempo!

Você vai gostar de Ver isso:

Mostre para seus Amigos o que está lendo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *