Confiança empresarial cresce 2,7 pontos de março para abril

botão seguir mapeando concursos no Google News

Confiança empresarial atinge maior nível em cinco meses, diz FGV. Crescimento foi de 2,7 pontos na passagem de março para abril.

O Índice de Confiança Empresarial (ICE), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), cresceu 2,7 pontos na passagem de março para abril deste ano. É a segunda alta consecutiva do indicador que atingiu 94,5 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Foi o maior patamar desde novembro do ano passado (96,4 pontos).

O ICE consolida os índices de confiança dos empresários dos quatro segmentos econômicos pesquisados pela FGV: indústria, serviços, construção e comércio.

O Índice de Situação Atual, que mede a confiança dos empresários no presente, subiu 3,6 pontos e chegou a 95,7 pontos. Já o Índice de Expectativas, que mede a percepção do empresariado em relação aos próximos meses, subiu 2 pontos e atingiu 94,4 pontos.

Entre os quatro setores que integram o ICE, apenas a confiança do comércio teve queda entre março e abril: -0,9 ponto. Com esse recuo, o setor se mantém com o pior resultado: 85,9 pontos.

Por outro lado, a construção teve a maior alta (4,8 pontos) e atingiu o maior patamar entre os quatro setores: 97,7 pontos. Os serviços subiram 4 pontos e chegaram a 96,2 pontos, enquanto a confiança da indústria cresceu 2,4 pontos e atingiu 97,4 pontos.

botão seguir mapeando concursos no Google News

Assuntos Relacionados:

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.