Planetas Vênus e Júpiter: entenda sobre o Eclipse

botão seguir mapeando concursos no Google News

Em 2022, haverá dois eclipses do Sol, ambos parciais e não visíveis no Brasil. O primeiro será em 30 de abril e terá início às 15h45 (horário de Brasília). O único eclipse da Lua deste ano será de 15 para 16 de maio e será um eclipse total e totalmente visível em todo o Brasil.

Segundo o observatório, apenas em outubro de 2023 haverá eclipse anular do Sol visível no Brasil.

O eclipse parcial do Sol de ontem pôde ser visto no extremo sul da América do Sul, partes da Antártica e parte sul dos oceanos Pacífico e Atlântico. Em média, o eclipse total ocorre a cada 18 meses.

Entenda

Um eclipse do Sol ocorre quando a Lua fica entre o Sol e a Terra projetando uma sombra sobre a Terra. A sombra mais escura, onde toda a luz solar é bloqueada, é chamada umbra. Em torno da umbra se define a sombra mais clara, a penumbra, onde a luz solar é parcialmente bloqueada. Se o observador está na estreita faixa da Terra atingida pela umbra, ele vai ver o eclipse como total. Se está na área atingida pela penumbra, verá como parcial.

A observação de eclipses somente pode ser feita com instrumentos especiais usados por astrônomos ou com técnica de projeção. Conforme o observatório, não se deve olhar diretamente para o Sol com o uso de filme de raio-x, óculos escuros ou outro material caseiro por risco de danificar o olho de modo irreversível.

Fonte: Agência Brasil

botão seguir mapeando concursos no Google News

Assuntos Relacionados:

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.